Campanha Novembro Azul

Apresentação

Em 2003, na Austrália, o movimento Novembro Azul iniciou com o objetivo de chamar atenção para prevenção e diagnóstico das doenças que atingem a população masculina, enfatizando o câncer de próstata.

Em parceira com a Secretaria de Saúde do Estado do Pará (Sespa), a Poli Metropolitana realizou ações para o diagnóstico precoce de cânceres mais relevantes em homens, como câncer de próstata, estômago, colón e reto, apontados como os mais prevalentes na população masculina do Pará. Foram ofertadas consultas médicas, exames laboratoriais, procedimentos como raio-x de tórax e eletrocardiogramas.

Diferente do senso comum que diz que homem não cuida da sua saúde, a campanha teve grande adesão do público masculino e superou as expectativas, precisando ser agendada além do mês de novembro para contemplar todos os interessados na prevenção.

Além do atendimento médico, diversas ações educativas foram promovidas na Policlínica afim de incentivar, acima de tudo, a prevenção e autocuidado.