Policlínica Metropolitana promove ação de acolhimento para colaboradores e pacientes

05/04/2021 15h08

A Policlínica Metropolitana promoveu na tarde desta quinta-feira (01) a visita do diácono provisionado na Catedral Metropolitana de Belém, Silvio Ataíde. O religioso, acompanhado de sua equipe, guiou um momento de oração na unidade que está recebendo usuários com sintomas leves ou moderados da Covid-19. Para o diácono, as pessoas que entram nos hospitais em busca de atendimento precisam ser motivadas para resgatarem a esperança. Este é um dos objetivos das visitas que iniciaram na última terça-feira (30) nas unidades de saúde. “As pessoas se sentem, depois de um certo tempo, deprimidas. Esse momento é importante para trazer esperança e conforto, pois não sabemos que situação enfrentaremos quando entramos num hospital", afirma o clérigo.

Os pacientes que estavam aguardando atendimento foram acolhidos pelos membros da comunidade Nova Aliança. Durante o percurso entre os setores, cânticos e orações foram entoados para os funcionários e usuários que, emocionados, pediram bênçãos e agradeceram. “Esse momento de fé é importante para todos nós. O mundo está passando por tempos muito difíceis e precisamos desse contato. Fortalece a nossa caminhada e o nosso compromisso de servir com qualidade e humanização, a todos aqueles que nos procuram”, relata Claudiene Ribeiro, líder de atendimento da unidade. Para a diretora executiva da Poli Metropolitana, Liliam Gomes, receber uma benção nesse momento de pandemia é gratificante. “Nós nos sentimos acarinhados pela comunidade, que fez esse gesto tão fraterno. Todo mundo imbuído no desejo de sair e acabar com essa doença, de se proteger, de proteger quem a gente ama. Nós, profissionais da área da saúde, estamos todos cansados, com rotinas muito intensas, desde o ano passado. É muito bom saber e ouvir uma palavra direcionada para nós: é um carinho”, destaca.

O secretário de Saúde do Pará, Romulo Rodovalho, o momento propiciou uma melhoria no ambiente, contribuindo assim para um acolhimento humanizado não só dos pacientes, mas também de todos os colaboradores. “Independente da religião de cada um, o ato de rezar nos ajuda a manter força e resiliência para que possamos, juntos, atravessar por essa pandemia que nos demanda muita serenidade”, explica, ao reforçar que a população deve reforçar os cuidados de prevenção para a Covid-19, de forma a reduzir a transmissão do vírus no Estado. “Entre as principais medidas de precaução estão: uso de máscaras, distanciamento social e higienização frequente das mãos”, complementa.

SERVIÇO

A Policlínica Metropolitana, localizada na Avenida Doutor Freitas, s/n, está atendendo, exclusivamente, pacientes com casos leves e moderados.

Capacidade: 600 atendimentos diários.

Horário: 08h às 17h (Todos os dias)

Texto: Elson Santos (Ascom - Poli Metropolitana)

Fonte: https://agenciapara.com.br/noticia/26304